domingo, 28 de agosto de 2011

A fact of one life.

Pense um pouco.

Era uma vez, um homem adulto de seus 50 anos de idade.
Tinha 2 filhos,um menino (sendo esse o mais velho) e uma menina. Uma esposa e morava em um apartamento simples na zona sul de Porto Alegre. Esse homem, tambem tinha um emprego e um carro do ano. Com pouco de esforço junto de sua esposa, conseguiam pagar as contas da casa e ter sua vida normal de familia de classe média.

Certo dia, seus superiores onde trabalhava, notaram que sua idade já não era o suficiente para trabalhar com um bom rendimento e foi despedido. Agora apenas sua mulher sustentaria a casa. Um de seus filhos já estava formado em tec. de informatica. E conseguiu um bom emprego em grupo de comunicação.As contas de casa estavam meramente tranquilas.

Esse caso de desemprego fez com que começasse a se propor a bicos no ramo da eletronica, ja que possuia conhecimentos. Partiu a fazer folhetos e distribui-los por todo seu condominio.
Um trabalho digno, ainda mais para quem nao tem mais emprego e busca se sustentar. Boa amostra de força de vontade. No entanto, seus serviços foram pouco requisitados pelos seus vizinhos.
O que restou foi vender o carro.

Sua esposa se sentia sobrecarregada, e devido alguns outros problemas de convivencia. A separaçao do casamento aconteceu. Porem seus filhos juntamente de sua mulher, continuaram a morar no mesmo predio. O intrigante é que sua familia o abandonava aos poucos.
E aos poucos, ele se sustentava como podia. Ja nao cortava o cabelo, perdia peso e dignidade.

A sua familia, agora ja independente da presença de um pai comprou uma casa, ainda na zona sul,mas muito longe de onde outrora moravam. Esse homem estava definitivamente abandonado.
E com um carro muito antigo, porem esse carro o ajudava na sua nova funçao.
Catador de papelão.

Todo homem sabe que isso é o fundo do poço para qualquer um, o que faz disso humilhante.
Abandonado pelos filhos, sem nada dentro de casa, com dividas e difucldades em se relacionar consigo mesmo,teve de tomar uma forte decisao.
Aceitar a ultima opção para quem nao tem mais dignidade para consigo mesmo...

Seu filho tentou entrar em contato durante um dia inteiro, mas nada adiantava.
*Teve de chamar auxilio de bombeiros para invadir a casa e encontrou seu pai em coma.
Ele havia tomado uma forte dosagem de remedios de diversos tipos afim de morrer.

Um homem que tinha tudo, hoje em dia, nao possui nada. No momento está em coma, e caso morra, nao terá nem mesmo um lugar para ser enterrado.


*a fonte carece de precisao

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite tambem http://www.aoitsukiblog.blogspot.com/ (ou não xD)