sexta-feira, 29 de junho de 2012

Keep that feeling

Hoje, eu senti falta de um certo sorriso, daquele abraço falso e daquela conversa entediada.
Pensei em ir buscar algo que pelo menos me fizesse amenizar a saudade.
Hoje eu tenho a plena noção de que eu sempre fiz tudo errado, pensar errado e de que sou errado.
Mas mesmo sendo assim, ainda não consigo pensar que a pessoa a qual corri atrás por tanto tempo não seja a melhor coisa que ocorreu na minha vida.
Nada poderá ser melhor do que isso. Essa é a verdade.

Aquela vontade de estar junto quando a escola terminasse, ou quando aparecesse alguma real necessidade, de ser o ouvido, o ombro,o colo e a outra parte do coração. Todas persistem,mas agora só para me fazer mal.
É muito bom esquecer as coisas que aconteceram no passado. Mas nem todas as coisas do passado podem ser esquecidas.

As minhas experiencias de vida hoje, são baseadas nesse amor afundado e ridiculo.
Sinto raiva, vontade de chorar, de bater nas paredes e de gritar até ficar sem voz. Mas de que adianta ? Não adianta tentar revolucionar ou combater o que é a realidade. E a realidade hoje é que não há mais nada a fazer ou que possa ser mudado. Não tenho esperanças.

Justo eu que nunca amei ninguem, quando pude entao enfim amar...  Eu não sei lidar, e se tivesse como lidar, ja teria aprendido nesses anos todos. Só creio na minha descrença nisso. Na minha incapacidade e no meu desvalor. Isso tudo só me serviu de fato pra fazer provar pra mim mesmo cada vez mais minha insignificancia no final das contas.

Me vejo de longe, la embaixo assistindo tudo que se passa lá no alto. As coisas parecem bonitas e felizes para quem deixa as coisas simplesmente acontecer. Então porque eu fui ser o cara que pensa nas coisas e que as planeja bem ?
A real intenção é de que eu fique sempre por baixo ?

Parece que foi ontem que eu vi o fim do dia no gasometro, como se fosse meu e de quem eu gostava. No entanto, nem o fim do dia, nem o gasometro e nem quem eu gostava eram, ou são meus. E as lembranças atribuidas ao lugar se tornam migalhas hoje em dia. Afinal nunca se teve algo tão feliz por lá, como o que deve ter tido nesses ultimos dias.

Será que se eu fugir, voce vai me procurar e correr ?
Me traria de volta ?
Me doaria teu sangue ?
Sempre tive a resposta na ponta da lingua, e sempre soube que se um dia chegasse a alguma dificuldade , de ti receberia o não. E voce nunca fez questão de surpreender positivamente em algo de tamanha importancia.
Dificilmente tentaria se superar.

Nesse caso seria deixar o tempo passar.
Ou não ter tempo para nada mais passar.


E pra mim, o mundo começou a acabar a exatos 1 ano,1 mes e 14 dias. 3 horas e 26 minutos.
Tudo fica bem enquanto eu sofro um pouco mais. Afinal, para algo dar certo, outra tem que dar errado né ?
Que diabos eu estou fazendo aqui ? Porque diabos eu aceitei ir lá e acabar vendo aquilo ?

 Faça o melhor que é capaz.
Mesmo desejando por raiva agora, não consigo esbravejar.
Continue essa sentimento.

Beijos.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

1 ano e 1 mes

Nessa data do ano passado, as coisas estavam turbulentas. Hoje estão bem melhores,mas de maneira diferente e esperançosas.

Quando tudo parece estar se encaixando, algo tende a me puxar para trás. Não é isso que eu quero,mas não sei... parece que é somente a distancia que me sinto a vontade agora. Desaprendi a gostar de alguem todos os dias.
Isso tem um pouco dela, um pouco de mim e um pouco de agora.

Sinto muita falta de alguem por aqui, mas estou conseguindo viver bem. O que me prende são as lembranças e esse sentimento de culpa ou de ter feito errado. Que sempre me vem a cabeça quando vejo algo relacionado com determinada pessoa. O conceito de certo e errado foi modificado.

Tenho feito coisas que hoje acho muito errado,faço e depois machuco alguém. Isso não está correto. Estou me divertindo as custas de pessoas que são sinceras comigo. Mas foi isso que aparentemente fizeram comigo no passado. Não sou de todo ruim afinal.

Dou mais valor ao meu impeto, e isso me traí muito e faz eu trair também. No entanto, esse impeto não é ao acaso.Eu faço o que quero. E não o que simplesmente aconteceu.

Enfim,mudei em muitos aspectos, e me acho pior, mas não sei.