quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Ergo

Sério , eu não consigo aceitar essa história.

Tem que ser mesmo assim ?

Tipo... porque não: "Não prometo o que não posso cumprir"

Porque isso ta acontecendo assim ?

O que assisto aqui é quase uma religião.
A diferença é que em torno de algo que é carnal e humano. Acima de tudo.

Precisa mesmo isso ?

Enfim...

Parece que leques se fecham cada vez mais em torno de um mastro. Não sei se direita esquerda possuem 50%, mas sei la.
Eu que falo por ser inconformado com a situação.
Independente de quem o que mandou que isso acontecesse, não aceito. É estúpido, idiota.

Não consigo mentir dessa forma. Pra mim mesmo.

Ergo.

Essa peça não tá sendo gratificante nem honrosa. Não se tem orgulho em cantar.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Deixar livre nos deixa livre...
Existe uma pessoa que agora tenho liberdade para conversar.
De homem pra homem.
Ou no plural.

Peço desculpas desde já.

O simples só é simples porque é simples.
E é simples assim.
Mas ainda assim, receio.