terça-feira, 13 de novembro de 2012


Era uma pessoa que falava o que tinha pra dizer
e que sorria como poucos por apenas viver
Que cultivava sentimentos que os outros rejeitaram
e que todos adoravam pelo senso de humor

E-
 Até que um dia uma garota que tambem era adorada
de beleza sem igual e de meias rasgadas
Deu a ele outra visão do que seria viver
com pouquissimos olhares e pouco a dizer

E ele foi lutar, pela felicidade
não por ele,mas pra ela
se perdendo sem razão
e quanto mais ele amava
criava uma ilusão
apenas por um sentimento que habitava o coração

Ele acreditava
que se um dia ela lhe olhasse
poderia perceber o quanto ele a amava

E-
Mesmo com todo seu esforço e tudo que ele abriu a mão
foi tão pequeno e sem valor
que não valia nem um pão

Ele foi lutar, pela felicidade
até o dia que a encontrou no outro lado da cidade
Abraçada em outro cara, demonstrando ter achado
O que ele não lhe derá em 4 anos de amizade
Desabava tudo aquilo que ele havia planejado
e agora estava muito triste e muito longe de casa

E agora esse cara busca a felicidade,
não sorri por estar vivo ,pois não deseja viver
Não se sabe o que ele pensa,
Se está bem ou se está mal.
Apenas o que se sabe
Foi que ele sofreu.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012


Não sei em que momento aconteceu
sei que começou e aconteceu.

Eu lembro como se fosse uma pedra vindo na minha cara.
Voce disse que eu deveria mostrar o quanto eu sou forte para quem sabe um dia lhe dar alguma coisa.

Pois eu tentei
mas fiz pelo lado errado e nada mudou.

Pela milésima vez vou tentar mais uma vez.
Acredita que ainda posso conseguir ?

(Eu já não sei nem mesmo o que pensar em conseguir gata...)

Eu sei que não, mas agora eu não quero pensar nisso.  Eu não quero se quer pensar.
Na verdade é nisso que eu quero pensar. Quando não penso é que levo uma chicotada de mim mesmo.

Mesmo que tu não possa ver, eu ainda posso cantar ,gritar, chorar, sorrir e assim eu tento caminhar mais uma vez.
Um dia te encontro. :)