quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Naive

Toda vez que lembro, essa música me vem junto.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
I'm not saying it was your fault
Although you could have done more
Oh you're so naive yet so
How could this be done
By such a smiling sweetheart
Oh and your sweet and pretty face
In such an ugly way
Something so beautiful
That everytime i look inside
I know she knows that i'm not fond of asking
True or false it may be
She's still out to get me
I know she knows that i'm not fond of asking
True or false it may be
She's still out to get me
I may say it was your fault
Cause I know you could have done more
Oh you're so naive yet so
How could this be done
By such a smiling sweetheart
Oh and your sweet and pretty face
In such an ugly way
Something so beautiful
That everytime i look inside
I know she knows that i'm not fond of asking
True or false it may be
She's still out to get me
I know she knows that i'm not fond of asking
True or false it may be
She's still out to get me
How could this be done
By such a smiling sweetheart
Oh you're so naive yet so
Such an ugly thing
Someone so beautiful
And everytime you're on his side
I know she knows that i'm not fond of asking
True or false it may be she's still out to get me
And i know she knows that i'm not found of asking
True or false it may be she's still out to get me
Just don't let me down
Hold on to your kite
Just don't let me down

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Time.


Ultimamente tenho visto as pessoas falarem sobre passado e presente.
Ultimamente tenho visto as pessoas falarem sobre construir o futuro.

Passado não é algo que simplesmente aconteceu.
Futuro não é apenas algo distante.

Na minha visão, passado é tudo aquilo que aconteceu e que ja foi superado.
Muitas pessoas (assim como eu) sofrem com sombras do passado e que em muitas vezes não conseguem superar dificuldades por conta dessas coisinhas em que estão presas ou que se prenderam... dizer que "Isso é passado" é  muito vago quando ainda se dá importância para alguma coisa. Eu nunca escondi que o eduardo tem problemas. E vejam só, são problemas do passado que não se resolveu : )

Quanto a construir o futuro...
Quando se caminha sempre se dá um passo atrás do outro, independente de onde se quer chegar.
Pode ser que as coisas na vida de adulto funcionem assim também, sem pressa. Apenas uma após a outra.
São apenas acontecimentos após acontecimentos, o grande erro é não saber esperar e querer tudo por agora. As coisas mais importantes demoram para acontecer... acho que isso é como se fosse um teste para si mesmo perceber se realmente quer ou não essa coisa que poderá vir a acontecer.

Não vai ser da noite pro dia que o passado vai se desvencilhar e que o futuro vai chegar, mas também não vai ser daqui 1000 anos que as coisas vão começar a dar certo.
Acho que a grande sacada dessa coisa chata chamada vida é saber onde se quer chegar, ter um objetivo e persistir.

Eu não tenho mais fé, e acho que errei nisso.
Quando não se acredita em mais nada , pra que se vive ?
Não espero nada, não almejo nada, não tenho vontade de nada... Sinceramente eu me pergunto pra que viver ?
Mas quando eu vejo que tem gente muito mais idiota que eu vivendo, vejo que tendo ou não motivo pra se viver, ta muito cedo pra ficar pensando nisso.
Acho que tenho muitas coisas para fazer em um futuro muito próximo e que eu só preciso dar o devido valor a estas coisas.

Quanto ao futuro distante, penso que se eu continuar vivendo no ritmo acelerado que vinha levando, talvez esse futuro nem chegue...






sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Percy Sledge ~ When a man loves a woman


When a man loves a woman
Can't keep his mind on nothin'else
He'd trade the world
For a good time he's found

If she is bad, he can't see it
She can do no wrong
Turn his back on his best friend
If he puts her down

When a man loves a woman
Spend his very last dime
Trying to hold on to what he needs
He'd given up all his comfort
And sleep out in the rain
If she said that's the way
It ought to be

When a man loves a woman
I give you everything I've got (yeah)
Trying to hold on to your precious love
Baby, baby please don't treat me bad

When a man loves a woman
Deep down in his soul
She can bring him such misery
If she is playing him for a fool
He's the last one to know
Loving eyes can never see

Yes when a man loves a woman
I know exactly how he feels
'Cause, baby, baby, baby
I am a man
When a man loves a woman

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

to:

Decidi que minha vida deve seguir o padrão entediante de um ser humano normal e qualquer.
Desde segunda estou em um trabalho onde sou chamado unica e exclusivamente pelo meu nome e tenho o cabelo raspado como a muito não fazia e como nunca gostei. Vivo sem barba e bebendo agua para falar com pessoas desconhecidas falando sobre instrumentos e tentando vender os mesmos para elas. Por enquanto está sendo legal.

Sinceramente, eu sinto que não nasci para essa coisa de ser um adulto, mas eu ainda não achei uma formula para não ter de crescer. Por mais triste e exagerada que eu tenha vivido a minha adolecencia, eu sinto que ainda não está na hora de terminar. Eu quero chorar mais, beber mais, rir mais, brincar mais, e ter diversas experiências que não se poder ter quando se assume ser um adulto. Eu não sou nada responsavel. Eu já fui responsavel. Por mim e por outras pessoas... e não gostei, não é legal e o final é ruim. Então se eu tiver que ser assim, daqui pra frente, acho melhor eu dar um jeito de não ter de acordar adulto.

Algo que eu percebo é que os adultos na minha volta são seres sem "coração aberto" e voltados exclusivamente a ganância. Eu acho que algo de mim aprecia isso. Existe um Filho da puta dentro de mim que adora cada grito de guerra que se espalha por aí enquanto a humanidade se mata... enquanto outro sente pena e quer que tudo acabe. Esse segundo está ficando cada vez menor.

Eu gostaria muito de acordar um dia, sair de casa, encontrar o meu passado e passear por lugares tipicos como o gasometro, ou shoppings só para poder dizer que finalmente essa história acabou.
Mesmo que eu esteja mentindo, não posso terminar sem um ponto final.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Recovery

Hoje decidi entrar no orkut para procurar uma coisa. Encontrei outra e graças a isso estou aqui.

Li depoimentos que passavam batidos, coisas de criança. Coisa que indicavam muito como eu seria alguns anos a frente. E de fato me tornei...
Também vi como era corriqueiro dizer que amava alguem, só que desses que diziam amar e que eu dizia amar, em boa parte ainda estão por aqui. 

Meu maior arrependimento foi ter passado pela fase de apagar depoimentos e scraps. Hoje em dia, serviria muito como um registro de tudo que foi falado,pensado e feito. Mas na época ninguem queria ter provas contra sí mesmo não é mesmo ?! XD

Um depoimento me chamou a atenção pela forma em que um dos seus trechos se apresentava:

" Tbm quero te dizer uma coisa... o tempo passa e as pessoas mudam não por culpa delas mas do tempo entenda...nada é pra sempre "

Esse depoimento que vinha com uma declaração de "amizade eterna" veio de alguém que não tenho mais contato, já é pessoa praticamente casada e ultima vez que vi noticias era que havia se tornado crente. Mas o interessante mesmo é focalizar esse trecho como um conselho. Se eu tivesse entendido isso quando isso foi dito, talvez muita coisa ruim não estaria na minha história.

Sem duvida alguma, essa curiosidade em rever o orkut me fez parar e resgatar coisas na memória que me deixaram alegres como a muito tempo eu não ficava... Por mais que algumas coisas se avisassem pelas entrelinhas, foi tudo improvisado e bonito. E ainda há espaço para se improvisar muito mais...
Obrigado por tudo.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pare de cobrar depoimentos, han
Dear River, 

Apesar de eu ter certeza de que pessoas já quiseram minha cabeça por sua causa, tenho uma imensa consideração por você.

Hoje, convenceu-me de que um Zaffari era um Nacional, coisa totalmente comum por aí. Em outras palavras, sua teimosia move montanhas. Ou não. 

Sua adoração por coisas estranhas também merece destaque. Não é sempre que encontramos um fã de Moon Kana mixado com um de Ataru Nakamura e Rentrer en Soi. 

Também fez-me conhecer Porto Alegre. Agora sei como ir do ponto do meu ônibus até o Shopping do Porto. 

Desculpe-me por fazer-te aturar algumas pessoas que te acham em meus depoimentos. Se quiser, pode mandá-los para onde quiser. E obrigada por me livrar de vários episódios, até mesmo dizendo coisas MUITO suspeitas.

Que neste ano, você continue e me fazer rir e ver as coisas de outro ponto de vista. Tentarei fazer o mesmo. Que as boas lembranças permaneçam. 

Grande abraço.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Como uma pessoa só se lembra de tal assunto quando se fala em "o das pernas" ou então "a de vestidinho"?? Sendo que o "assunto" são indivíduos do sexo masculino? HAN, HAN? u____u
E quem escuta musga de cachorro aque? - fiu, fiu, vem fresno - HAN, HAN? u_____u
Como uma pessoa admira tanto alguém com um sorriso "estonteante", tipo a Moon Kana? HAN, HAN?

Depois eu sou a estranha D:

Mas enfim, eu vim aqui mandar este humilde depoimento pq estou devendo.
Aí, como eu só faço depoimentos quando estou atrasada para o Kumon e com inspiração /ironia, já te deixo um feliz aniversário adiantado e um desculpa para futuras desavenças. Então, daqui uns anos eu retorno e atualizo o negócio, com mais encheção de linguiça, :D

Resumindo, te adoro fangirlboy do Kanon <3 font="">
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Saudades fangirl do Aoi.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

no matter

As arvores japonesas crescem muito mais atraentes do que as normais. Talvez por serem escassas por aqui, é muito mais bonitinha e desejada, mesmo sem se saber qual a verdadeira intenção por trás de uma... E é bonito ver a lua, uma estrela ou varias delas.Tudo isso é muito bonito.

Pra mim, existem muitas coisas para se desvendar nesse mundo. Principalmente quando esse mundo se abala. É tão estranho que chega a ser normal. Tão estranho que passa a ser corriqueiro. Tão estranho quanto eu aqui falando disso tudo.

Eu acho legal ficar em cima das nuvens dentro de um avião ou de frente pro mar numa plataforma. É bonito demais e a sensação que eu sinto é tão boa que dá vontade de nunca mais sair da frente disso tudo. É lindo demais ver um campo na estrada com bois e vacas se alimentando. Eu realmente me amarro nisso.

Eu sempre gostei de cães. Esses animais são realmente muito legais, e eles sentem algo pelas pessoas que é muito perto de amor. Pelo menos eu acho. O que difere o sentimento dos cães para o amor, é que as pessoas traem quem elas dizem amar, já os cães não fazem isso com as pessoas.

Uma música pode mudar a cor do céu em qualquer momento ou circunstancia. O céu pode mudar a intensidade de um sentimento e um sentimento pode fazer com que se faça qualquer coisa que se dá vontade. Independente se é bom ou ruim. Se é feliz ou triste, o bom é o que faz bem.

Auto-falantes emitindo uma sinfonia.
You and I ou Toneless twilight do Straightener desenham a situação.
Universo cruzado por cometas e meteoros rumo aos planetas e estrelas.
Mensagens enviadas de um satélite imobilizado para um receptor de sinal móvel.
Imagens vistas por um olho nú, guardadas em um album de imagens infinito.

Essa é toda a besteira de uma vida.


segunda-feira, 29 de julho de 2013


Eu jurei que não iria mais escrever aqui sobre isso, mas não dá.
 Consegui parar minha vida por 1 mes e meio. Isso deveria ser bom, se não fosse o fato de que quando estou parado só consigo pensar em coisas ruins.
Não escondo de ninguem que a minha relação familiar não é do jeito que eu gostaria, mas em alguns momentos penso que se ela é assim, a única culpa é minha e de mais ninguem e infelizmente não creio que consigo fazer algo que possa mudar isso. Um tempo atrás minha mãe viu fotos minha nas festas e disse:
"Sabe o que eu penso ? Pra mim tu tira essas fotos pra chamar a atenção de alguem. Pra mim tu só quer chamar a atenção. Eu não sei o que eu errei que te criei assim, mas pra mim parece que tu quer chamar a atenção de alguem..."
(Não deixei ela terminar de falar e dei as costas nesse ponto.)

Cara... é o seguinte: Eu sei que nada que eu diga vai ter algum significado pra alguem e talz, mas acho que isso vai me dar uma maneira de entender.
O principal pra mim seria conseguir me encontrar, mas as vezes eu acho que não tem como, e as vezes eu penso que já estou bem, mas o fato é que eu não estou bem, e pelo contrário, estou longe disso.
E estas são as coisas que estão pedindo solução na minha cabeça.

1)Eu não sei o que fazer da vida com 21 anos de idade. Parei de me preocupar com o futuro ali pelos 19 que foi na idade que rolou toda aquela palhaçada. Talvez ali pelos 16 para 17 anos de idade tenha sido o principio de toda a encrenca irreversível. Eu de fato nunca tinha ficado afim de alguem, aí conheci uma pessoa que me fez acreditar que nem todas as pessoas eram iguais. Com o passar do tempo, mesmo com tudo que me falavam sobre tal pessoa, me enrolei de uma forma e criei uma imagem intocavel da pessoa até que fui obrigado a presenciar a personificação desta mesma. Hoje em dia eu lembro de muitas coisas, muitas coisas que foram ditas entre eu e ela principalmente. Coisas estas que não foram cumpridas por ela e por mim. Muitas coisas que me escondeu e que eu descobria com o tempo. Agora eu penso que se ela fosse direta, eu me magoaria. Por final foi tudo por bem, ou quase tudo. Eu ainda gosto muito dessa pessoa, não sei de que forma, mas gosto. É muito ruim pensar que para uma das pessoas que eu mais amei na vida, não se tem mais valor, mas se tem algo que eu acredito, é que o futuro ainda nos promete algo divertido juntos, independente de quando, onde ou como, só preciso estar vivo pra que isso aconteça. xD

2) Daí em casa, enquanto eu me transformava nisso que me transformei hoje, ao invés de sei lá... me darem apoio ou sei lá... eu não sei como uma familía deveria agir em um momento desses, mas sei que não agiram da forma que deveria. Aí aos poucos fui me fechando cada vez mais em casa. Não era mesmo o que eu queria, mas nesses últimos meses em eu andei conversando tão pouco com a minha mãe, que muitas vezes eu me perguntava se ainda fazia sentido estar aqui. Em contra partida me perguntava: para onde ir se for sair daqui ? Visto que não sei nada, não tenho nada e não sou aceito em muitas coisas tambem. Agora que parei de ir para festas, consegui conversar um pouco mais com a minha mãe, mas nada muito sério. Passei a ter sonhos sobre como seria um futuro sem ela por aqui. E por mais que o tempo seja cruel e me de a sensação de que isso possa estar cada vez mais perto,eu sinto que realmente não estou preparado e estou buscando me aproximar cada vez mais dela..

3)Acordar > tomar banho > comer > arrumar-se > ir para festa
Isso realmente me serviu pra algo.
Durante esse tempo convivi com muitas pessoas que vivem em outras realidades: emocional, financeira, familiar e etc ...
Nisso vi que muitas pessoas possuem aparencias parecidas, a minha e que convencem, mas no final todos possuem um passado que não há como apagar o único jeito é aprender a lidar com ele sem que seja frio e estúpido, apenas ter a lembrança. Percebi também que além do passado a verdade também não se tem como apagar. No entanto, eu não possuo verdade, apenas passado. Partindo disso, acho que o futuro não terá resultado algum e que o presente não possui nada de interessante para que se possa almejar um futuro melhor, visto que o passado ficou com todas as esperanças de dias melhores... Me disseram no meu aniversario que eu precisava ter um sonho, ou algo assim. Que uma pessoa sem objetivos se torna apenas um corpo. E é assim que eu tenho vivido ultimamente. Ir nas festas e curtir o momento é legal,por mais que seja cansativo e sem lucro é legal, mas há sempre um momento em que a casa cai.
Por mais que eu diga que não tenho esperança no futuro, ainda tem algo que me diz que tenho algo pra fazer, só não sei o que. Não sei se vou dar ouvidos pra isso ou se vou rejeitar de vez, só sei que pensar em futuro agora é um pouco tarde e que para o futuro é necessário empenho e tempo, e este é o grande problema. Preciso correr, mas amarrado do jeito que me sinto não consigo se quer rastejar.

Eu comecei escrevendo isso pensando em outra coisa, e por algum motivo desviei um pouco o foco. Ouvi duas vezes o album Creatures do Straightner e mais uns indies do resto do mundo. Comi um lanche, bebi suco e agora vou dormir. Só deus saber o que e quem eu vou ver amanhã.

Que o mundo não amanheça selvagem.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Porque da minha forma de amar em segredo, fizestes o teu amor exaltado.



segunda-feira, 20 de maio de 2013

2.1

Uma vez me disseram que se uma pessoa te faz chorar, ela não te merece.

Exatamente 2 anos atrás fiz a pessoa que eu amava chorar enquanto me abraçava.
Pensando nisso agora, toda aquela imagem de pessoa sem coração que eu criei nesse tempo para criar revoltas e ódio, se quebra e me voltam muitas lembranças boas.

Infelizmente, eu a fiz chorar. E o tempo se encaminho de me provar o resto.
Se alguem te faz chorar, essa pessoa nao te merece. No caso, eu realmente não mereço.

Beirando a nova idade, acredito que muitas coisas vão continuar sendo iguais, muitas coisas vão mudar e outras vão tomar rumos totalmente diferentes do que os que eu imagino. Afinal são épocas assim que me fazem fechar pra balanço. XD
Tanto é que estou rumo a minha segunda semana sem Beco ou baladinhas alcolicas...
Preciso me inscrever nos vestibulares e no enem.

Enfim, Parabens pra mim e que eu deixe de pensar em amor.
Felicitações Eduardo.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

As pessoas acham que por eu estar sempre tentando ser engraçado, minha vida é uma maravilha.
Se soubessem que eu durmo as noites e acordo todas as manhãs pensando na mesma pessoa desde 2009. Que a minha unica motivação de ficar em pé é ir para as festas e beber porque é a unica coisa que eu sei fazer e é o que me resta. Se soubessem um pouquinho da minha história de 20 anos. Se soubessem um pouco mais, só um pouquinho desse desmotivado pela vida, talvez deixariam de me criticar ou falar de mim o tempo todo.

Eu já não aguento mais as dificuldades que eu tenho por minha culpa, imaginem quando tentam colocar mais culpa em mim.E não é porque eu me calo, que eu estou de acordo.
Eu só não tenho mais vontade de brigar por nada que envolva a mim.
por 3 anos eu lutei tuDo que eu pude e não alcancei nada. pra mim ja chega.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

203

Eu tenho umas coisas pra contar pra alguem, mas ja que eu nao tenho com quem contar, vou deixar registrado aqui.

Sexta feira fiquei putinho na parte da tarde e sai muito revoltado do serviço, me migrei pro beco e bebi pra caralho. A niveis que a muito tempo eu nao bebia. Não lembro de muitas coisas e isso foi o maior problema.
Não lembro de ter dormido, e quando vi eu acordei em um lugar muito away e com uma guria que eu nao lembro ter visto na festa. Sobre sexta a unica coisa que eu tenho a falar é que eu nao verei no meu aniversario alguem que gosto muito por conta de um idiota. Mas eu ja fui tao troxa quanto o mesmo, entao de boa. Abri mão dessa parada aí. Queria que acreditassem em mim quanto a isso. Eu sei tudo que aconteceu, só não quero mais dar valor pra isso, foi algo que teve um fim muito ruim, prefiro fazer de conta que nunca houve nada... Eu não pertenço a sua vida e nem voce a minha. Estamos quites da forma que desejar.

Aí sabado, cheguei em casa umas 10:40 se não me engano, tambem nao sei como cheguei em casa, mas recordo de ir pra academia e ficar uma meia hora, sai e fui jogar bola em um futebol que apareceu do nada tambem. Ganhamos de 8x0 e ainda joguei bem, por incrivel que pareça.
Não fui trabalhar.

A noite, a cadie tinha pedido pra ir na casa dela antes de ir pra noite. Fiquei me fazendo e nao atendia o telefone depois da segunda ligação. Ouvi pra caralho quando decidi atender o telefone. O discurso de que ela nao ia pro beco acabou não se cumprindo e ela chegou do nada quando eu tava curtindo afu a noite. Passei a me conter, porem brigamos, e isso era óbvio que aconteceria.Fiz mais besteiras a partir daí, mas no fim tudo foi divertido. Parecia que eu tava em casa. Cheguei em casa umas 15h, cheio de mordidas no corpo, sem meu casaco que ficou na casa da cadie e com um olho inchado. E eu não sei o que pensam, mas eu nao sou feito de chocolate pra ficarem me mordendo.

Enfim, perdi o interesse em contar tudo e vou parar aqui falei só besteiras e nao contei o que queria contar.
beijos.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Digamos que eu não aguento mais.
Daí eu chorei por umas horas após acordar cansado de outra noite.

E quanto mais eu busco entender, mais contribui pra que as coisas fiquem más.
Minha mascara se foi por agua abaixo.

Apenas palavras não mantem uma amizade.
Eu sinto muito pelo jeito em que está conduzindo as coisas.
Com certeza isso não é o modo certo para ninguem.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

history and history

Eu tenho histórias que nunca vão ser contadas. Também possuo histórias que um dia alguém vai se lembrar e vai fazer questão de contar. Algumas histórias não vão ser creditadas e outras por outro lado que serão inverdades e provavelmente darão fé.
No meio disso tudo eu penso que na vontade de recuperar tempo eu me apressei demais em algumas coisas, mas teve um desenrolar engraçado. As fotos estão aí para isso.
Acho que agora é a hora de dar um tempo em tudo isso.

Eu estou em uma fase extremamente inversa ao que estava nos últimos anos. É impossível de alguém acreditar que eu posso retribuir algo pra alguém. Meu standard agora é outro. Ao invés de ser o garoto apaixonado que sofria e se lamentava. Me tornei o cara que vai em festas e vive com bebidas, cigarro, mulheres e amigos. Isso seria ótimo se não fosse em um grau elevado, mas tudo bem... acho que pelo menos agora eu faço jus a algo que me falaram uma vez. Certa vez me foi dito que a mãe de determinada pessoa me via com olhos que me condenavam. Se antes eu tinha cara de garoto malandro... parabéns senhora, você acertou o meu futuro :) Impossível também é acreditar que eu ficaria assim um dia, mas foram as consequências. Agora o jeito é recordar o que aconteceu e ver o que vai dar la na frente.

Sonhos são coisas que eu não consigo recuperar, a capacidade de sonhar em si é o que se foi embora no termino da outra história, então agora eu não projeto mais nada. É foda pensar que fiz uma imagem estranha dessas, mas é o que se tem. Tudo bem em não se importar com o que pensam, mas não é legal não saber o que pensar de si mesmo. Minhas atitudes calam meus pensamentos. Logo, me torno um cara estranho.

De quebra também não tenho conseguido completar frases ou formulalas completamente, preciso de algo pra me ajudar com isso.Preciso também de alguma coisa pra memória e de alguma coisa que me faça gostar de fazer sexo sem perder a vontade no meio da coisa, isso com certeza é um problema que afeta exclusivamente a mim, mas tudo bem... são coisas que acontecem. Todo mundo faz de uma maneira peculiar... eu , a garota que eu era apaixonadinho , meus amigos... sei la, cada um tem seu jeito. Até minha mãe e meu pai faziam isso, então está ok. Só preciso me concentrar melhor ou sei la...

Pra fechar, em breve volto a ensaiar com o pessoal da nano com o intuito de gravarmos uma música, e isso poderá ser bem legal. Espero que seja divertido .

terça-feira, 2 de abril de 2013


手に届かない明日へ.
君に会いたい . . .

domingo, 17 de março de 2013

Wrong way



Eu e meus excessos.
Sim,eu nunca aprendo.
Isso se chama burrice.

Quando acredito que as coisas estão se encaminhando bem, sempre vou dar um jeito de fazer uma cagada, e de preferencia algo que envolva outra pessoa.

Na verdade, eu não tenho capacidade de sustentar algo e o mais dificil foi aceitar isso, agora eu já aceitei. Na idade que estamos, nao se constroi mais um castelo de areia. E também não se habita mais em coisas desse tipo. Não há espaço para pensar apenas em sí mesmo. Ou tu pensa em todos, ou cai fora desse mundo cara.

Daqui pra frente eu não sei ao certo como vai ser, mas eu ja pensei assim outras vezes e por mais que tenha sido dificil e doloroso, me mantive vivo e errante.

A maior lamentação agora, é de ter feito mal a um coração por uma besteira da minha parte. Eu sempre dou um jeito de transformar tudo em dor na real. E eu ainda recordo quando o desejo era que eu não magoasse ninguem durante o percurso. Acho que isso nunca vai ser possivel, nunca.

Mesmo assim, eu acredito que valeu.
Quem sabe a gente ainda vá se ver outro dia. Enquanto isso, procuro a receita da vida normal.
Infelizmente eu lamento, mas não deu.
Outra vez.

quarta-feira, 6 de março de 2013

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Change for..

Pensar que se é insignificante para alguem que ja lhe foi a pessoa mais importante é muito estranho. Porém é estimulante de certa forma. Assim não penso mais em dar prioridades para ninguem em demasia como outrora foi dado. Entretanto, decidi sabado que não fumarei, não beberei e nem sairei mais para loucas noites. Ou seja, estou tentando ser um novo/velho homem/garoto não sei... só sei que quero voltar a me divertir , rir, brincar e me satisfazer, sem prejudicar ninguem. E isso inclui a mim mesmo. Sem ter nenhuma responsabilidade. Assim como nesse texto sem espaços ou acentos. Enfim, quero apenas ser feliz assim como outra pessoa também é feliz. No momento penso muito no amor, e penso em fazer de conta que nunca senti isso, assim como foi por muito tempo. Apenas caminhar por um longo caminho para lugar nenhum.